O Blog do Madridista se mudou para:

www.blog.renatobotelho.com


Aguardo a sua visita!

© 2009-2011 Blog do Madridista

Real Madrid 0-2 FC Barcelona.

Em partida válida pela semifinal da UEFA Champions League (jogo de ida), o Real Madrid recebeu o FC Barcelona no Santiago Bernabéu para o terceiro dos quatro jogos de ambas as equipes em um curto espaço de 18 dias.

Com uma recepção calorosa da torcida madridista (ver foto abaixo), as duas equipes entraram em campo com ares de tensão – prevendo o que estava por vir.


Mourinho escalou o time inicial assim: Casillas; Arbeloa, Ramos, Albiol, Marcelo; Lass, Pepe, Xabi Alonso; Di María, Özil e Cristiano Ronaldo.

Sem poder contar com Khedira (lesionado), ‘Mou’ contou com Lass no time titular e voltou a utilizar Pepe de central mais avançado – tática acertada em outros jogos.

Dentro de campo, o que se viu foi uma batalha de dois times que lutam para chegar à decisão de Wembley. Muitas faltas, paralisações, toques de bola no setor defensivo, desarmes no meio de campo e poucos momentos de bom futebol.


Com uma ótima marcação, o Real Madrid teve uma postura forte e neutralizou as saídas de bola do Barcelona, complicando a vida dos visitantes.

Por vários minutos, os catalães tocaram bola no setor defensivo, recuando e optando por um jogo feio – cansativo, na espera de ligar algum contra-ataque.

Xavi e Cristiano Ronaldo foram os primeiros a arriscar de fora da área. Em ambos os casos, Casillas e Valdes defenderam com segurança.

Pepe voltou a se destacar na marcação, enquanto Di María sofria com a forte marcação de Alves e Cristiano Ronaldo queixava-se das poucas bolas que recebia. A falta de profundidade com a ausência de um atacante foi sentida pelos merengues.

A jogada mais perigosa da primeira etapa veio aos 22min, com um chute forte de Xavi, bem defendido pelo goleiro madridista. Mas foram pouquíssimas as jogadas de ataque das duas equipes. Os lances, no geral, eram extremamente valorizados no meio de campo, o que atrapalhava o bom andamento e a fluidez do jogo.

No último lance do primeiro tempo, Cristiano arriscou de quase 25 metros do gol e obrigou Valdes a defender. O goleiro deixou a bola escapar e a bola sobrou para Di María, mas o argentino estava impedido, para sorte dos visitantes.


No intervalo, Pinto – goleiro reserva do Barcelona – foi expulso por agredir um membro da equipe técnica do Real Madrid no túnel dos vestiários.

No segundo tempo, Mourinho voltou com Adebayor no lugar de Özil.

Aos 49min, Cristiano recebeu em velocidade na entrada da área e arriscou mais de uma vez – todas desarmadas pela defesa adversária. Mas serviu para abrir o jogo e mudar o parâmetro ruim que ficou no primeiro tempo.

Com Adebayor, os madridistas se postaram melhor em campo e estiveram mais perigosos. A torcida sentiu a melhora e vibrou junto ao time.

No entanto, a arbitragem voltou a dar as caras e prejudicou o Real Madrid: Pepe fez falta em Alves e recebeu vermelho (nem amarelo tinha); em seguida, Mourinho também. Resultado de uma arbitragem fraca, que não agüentou a inconveniente pressão do Barcelona.

Com um a menos, os madridistas tiveram mais dificuldade. Sem um dos principais homens de marcação (Pepe), os rivais tiveram mais espaço para atacar.

Aos 76min, não teve como segurar: Messi recebeu cruzamento de Afellay dentro da área e tocou na saída de Casillas, abrindo o placar da partida.

Após o gol, o Real Madrid foi em busca do empate, mas a defesa adversária conseguiu segurar os ataque blancos.

Perto do fim, Messi passou por quase todos os defensores do Real Madrid, invadiu a área sozinho e tocou na saída de Casillas, definindo o jogo.



O Real Madrid perde o jogo de ida e aposta todas as fichas em uma virada no Camp Nou. Mourinho já eliminou este mesmo Barcelona na temporada passada, quando treinava a Inter. Agora é a vez de fazer história na Champions com os blancos.

7 comentários:

  1. Uma pena mais msm com um resultado não podemos deixar de acredidar Hala Madrid!!!!!! Acho q é muito dificil mais não vou deixar de amar o Real Madrid q é um grande club!!!

    ResponderExcluir
  2. no melho momento do real madri o pepe foi expulso ><' cabo com a tatica do time

    ResponderExcluir
  3. Que pena. Quase toda vez que eu posso assistir o jogo na TV o Real perde ou empata.

    > Ainda não acabou, tudo pode acontecer na volta.

    ResponderExcluir
  4. SE N FOSSE PORTUGAL, O REAL MADRID N SERIA NADA.
    ESSE TIME SEM CRISTIANO RONALDO (MELHOR DO MUNDO), JOSE MOURINHO (MELHOR TREINADOR DO MUNDO) E RICARDO CARVALHO (MELHOR ZAGUEIRO DO MUNDO), O REAL MADRID CONTINUARIA DANDO VEXAME COMO NOS OUTROS ANOS, SEM NENHUM TITULO

    PORTUGAL COMANDA

    SO ENTRO AQUI PARA VER OS PORTUGUESES, PQ O REAL MADRID SEM ELES N É NADA

    E TAMBEM PQ VC FALA DO RAUL, UM DOS POUCOS JOGADORES FORA DE PORTUGAL Q RESPEITO, COMO GIGS, DEL PIERO E ALGUNS OUTROS

    ELE NA ALEMANHA VALE MAIS Q O REAL MADRID SEM OS PORTUGUESES

    E MESMO ASSIM TINHA GENTE Q VAIAVA ELE NO REAL MADRID

    DO PEPE NEM VOU CITAR, PQ NO BRASIL, QUANDO ELE JOGA BEM, É "BRASILEIRO", MAS QUANDO FAZ ALGO ERRADO, CHAMAM ELE DE "PORTUGUES"

    FORÇA PORTUGAL

    ResponderExcluir
  5. ainda acredito no real tudo pode acontecer na final Hala MADRID

    ResponderExcluir
  6. Buenas, enhorabuena por el blog, me gustaría intercambiar enlaces contigo y que nos sigamos mutuamente.
    Un enorme saludo desde http://orgullobenfiquista.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Caro(a) leitor(a),

O seu comentário passará por uma breve aprovação e logo será publicado. Este sistema é utilizado para evitar ofensas e/ou spams entre os participantes.

Contatos pessoais devem ser feitos através do Formulário de Contato ou das outras opções encontradas na página Contato.

Direitos autorais.
É proibida a cópia parcial ou total deste blog.
Plágio é crime e está previsto na lei N° 9610 sobre direitos autorais.

Popular Posts

Junte-se a nós!

Publicidade

Newsletter

+ Real Madrid:

Nome: Real Madrid Club de Fútbol.
Apelidos: merengues, blancos...
Fundação: 1902.
Estádio: Santiago Bernabéu.

Próxima Partida:

La Liga (13° Rodada):
Adversário: Valencia.
Dia: 19/11/11 (sábado).
Hora: 19:00 (horário de Brasília).
Estádio: Mestalla.
Jogo anterior: Osasuna (7-1).

Destaque 11/12:

Seja um seguidor:

Arquivo:

Marcadores:

Receba as novidades por e-mail:

Add to Google Reader or Homepage

Título:

Contas Premium

Rede Social: