O Blog do Madridista se mudou para:

www.blog.renatobotelho.com


Aguardo a sua visita!

© 2009-2011 Blog do Madridista

Real Madrid 3-0 Olympique de Marseille.

O Real Madrid recebeu hoje o Olympique de Marseille no estádio Santiago Bernabéu, em partida válida pela 2° rodada da fase de grupos da UEFA Champions League. A estreia da equipe merengue em seu estádio na Champions deste ano, aonde sediará a final.

Antes da partida, dois ex-madridistas, que estão atuando no Marseille, deram entrevista e falaram sobre o retorno ao Bernabéu. Um deles, eternamente no coração dos madridistas e um dos maiores ‘9’ do clube, já passou por isso em outro momento, marcando até gol.

Fernando Morientes e Gabriel Heinze, de volta ao Santiago Bernabéu.

As ausências do time merengue foram Lass (de última hora), Nistelrooy, Metzelder e Arbeloa, contundidos. S. Ramos e Guti, relacionados, ainda não estão totalmente recuperados, mas começaram a partida. Diante dos desfalques, Pellegrini escalou o time assim: Casillas; Ramos, Albiol, Pepe, Marcelo, Gago, Xabi, Guti, Kaká, Cristiano e Benzema.

O Marseille começou a partida recuado, impedindo que o Real Madrid entrasse na defesa adversária. O jogo ficou preso no meio e com muitos passes errados da equipe merengue, que tomou susto em alguns ataques do time francês. Em um deles, com grande defesa de Casillas. Apenas com 30min de jogo o Real chegou com perigo, com dois chutes de fora da área de Cristiano, com defesas do goleiro. Num bom passe de Guti, Benzema quase marcou de bicicleta. Mas o Real ficou devendo no primeiro tempo, arriscando passes de 40 metros, errando a maioria deles, com dificuldades de criar e passar pela retranca adversária.

No segundo tempo, porém, as coisas mudaram. O Real Madrid fez 3 gols em apenas 7 minutos de jogo. Pepe, do outro lado do Campo, lançou Cristiano Ronaldo, que tocou debaixo do goleiro e abriu o placar da partida com categoria. No lance seguinte, Cristiano recebeu dura falta dentro da área, tendo o jogador do Marseille sido expulso. Pênalti. Kaká cobrou e marcou o dele. Em seguida, uma bela triangulação entre Benzema-Kaká-Cristiano. O português recebeu do francês e marcou o seu segundo na partida. Com 3 a 0 e um homem a mais em campo, o Real Madrid administrou o resultado até o final da partida.

Cristiano sentiu a fisgada no lance do pênalti e teve de deixar a partida, dando lugar para Higuaín. Sérgio Ramos saiu para a entrada de Garay, que salvou uma bola em cima da linha do gol de Casillas, e Kaká deixou o campo para a entrada de Raúl. Fernando Morientes, que também deixou a partida, foi aplaudido de pé pelos madridistas. Momento emocionante!


Cristiano (2x) e Kaká. 3 gols em 7 minutos de jogo.

O Real Madrid está sozinho na liderança do Grupo C da Champions, com duas vitórias em dois jogos disputados, mantendo os 100% de aproveitamento na atual temporada.

Dúvidas até o último instante.

Problemas para Manuel Pellegrini de cara para a partida da Champions contra o Olympique de Marseille, no Santiago Bernabéu. O técnico merengue não poderá contar com Lass, que se lesionou de última hora, Arbeloa, Metzelder e Nistelrooy.

Se não bastasse isso, Sérgio Ramos e Guti, embora relacionados para a partida, não estão recuperados de suas lesões e serão dúvidas até o último instante. Sendo assim, na lateral-direita, Albiol poderá ser improvisado. Já sem Lass e Guti sendo dúvida, Gago, Granero e Diarra poderão ser os volantes, junto de Xabi Alonso. Na frente, Raúl irá para o banco no “rodízio” e Cristiano Ronaldo tentará se isolar na artilharia.

Último treino da equipe antes da estreia do Real Madrid no Bernabéu (na Champions).

Os convocados para a partida de hoje: Casillas, Dudek, Sergio Ramos, Pepe, Albiol, Garay, Marcelo, Drenthe, Gago, Xabi Alonso, Diarra, Guti, Granero, Kaká, Van der Vaart, Cristiano Ronaldo, Raúl, Higuaín e Benzema.

A partida começa daqui a pouco, às 15:45, horário de Brasília. O Real Madrid está com 3 pontos no Grupo C, junto do Milan, e tentará se isolar na ponta da tabela.

Resultado da 3° Enquete do blog.

Qual será a campanha do Real Madrid na
UEFA Champions League 2009/10?

1. Será campeão (81,01%).
2. Cairá na final (6,33%).
3. Cairá nas semifinais (5,06%).
4. Cairá nas quartas (3,80%).
5. Cairá nas oitavas (2,53%).
6. Cairá na fase de grupos (1,27%).

A enquete ficou no ar por mais de duas semanas e teve o resultado mais expressivo até o momento de uma enquete do blog. 81,01% dos leitores do Blog do Madridista acreditam que o Real Madrid será campeão desta edição da UEFA Champions League, que o grande elenco comandado por Manuel Pellegrini estará presente na final do dia 22 de maio de 2010 e que o clube conquistará o décimo título do torneio, em casa, no estádio Santiago Bernabéu.

Além de votar, agora é a sua hora de comentar. Você leitor, responda:

- Qual será a campanha do Real Madrid na UEFA Champions League 2009/10?

Seja um Colunista do Blog do Madridista.

É com grande prazer que estamos disponibilizando este espaço para todos aqueles que gostam de escrever e queiram contribuir com o Blog do Madridista na disseminação de idéias nobres e altruístas através da elaboração de textos coerentes e de acordo com os conteúdos e objetivos deste blog. Os textos devem necessariamente expressar a opinião do autor e o conteúdo deve estar vinculado à proposta do blog.

Temas: Real Madrid Club de Fútbol / Seleção de Futebol da Espanha.

O seu texto deve estar relacionado aos temas acima, podendo ser sobre o madridismo, o clube em sí, jogador(es), treinador(es), táticas, análises, críticas, homenagens, etc... Ou seja, algo que esteja diretamente ligado a um destes dois temas (ou ambos).

A mesma coisa vale para as fotos (caso o seu texto traga uma) e vídeos (caso queira colocar um). Limite de fotos: Duas. Limite de vídeos: Um (apenas do Youtube).

Você não precisa ser um escritor, um jornalista, nem nada do tipo. O importante é um texto de acordo com os do blog e de como já foi citado acima. Muitas pessoas gostam de escrever e não tem tempo para atualizar um site/blog, por isso o Blog do Madridista está abrindo este espaço.

É importante que haja atenção na forma de escrever. Erros acontecem, mas você deve revisar a sua escrita para que estes erros sejam mínimos, procurando escrever na norma culta da língua.

Não será permitida nenhuma crítica a qualquer tipo de religião, cultura ou ideologia.

Na participação de cada interessado, os textos, artigos ou opiniões serão de exclusiva responsabilidade dos remetentes e reservamo-nos o direito de publicá-los ou descartá-los, sem necessidade de argumentação ou justificativa. Reservamo-nos ainda o direito de revisar o conteúdo em sua ortografia e gramática, se julgarmos necessário.

Publicaremos seus textos gratuitamente, sem quaisquer ônus para ambas as partes. Será permitida a inserção de seus créditos ao final dos mesmos, com o seu nome, incluindo e-mail, etc.

O título do texto deve ter no máximo 45 caracteres. O mínimo vai de bom senso, por ex: "Madridistas".

O conteúdo do texto deve ter no mínimo 20 linhas, considerando-se uma configuração de papel A4 do Word, margens 3X2 e fonte Arial, tamanho 10.

Envie seu texto por: E-mail.
  • Leia as colunas aqui.

Higuaín vai com a Argentina.

Finalmente o argentino Gonzalo Higuaín foi convocado e jogará com a sua seleção. Maradona convocou o madridista para os dois encontros que a Argentina terá nos dias 10 e 14 de outubro, contra o Peru e Uruguai, respectivamente. Higuaín já vestiu a camisa de seu país num encontro com a seleção sub-23, mas nunca com a seleção principal. Disse em entrevista, antes da convocação, que (ser convocado) "seria um sonho".

"Quando me derem a oportunidade,
vou me esforçar ao máximo para nunca mais sair".


El Pipita, como também é conhecido, sempre esperou por este momento, sempre acreditou que um dia seria lembrado e jogaria por seu país. É um momento especial na vida do madridista de 22 anos, que está na terceira temporada com o Real Madrid e marcou 24 gols em 44 partidas na temporada passada, ao qual foi o jogador mais destacado da equipe.

O que se pode esperar é que as palavras do atacante ao longo dos anos se cumpram agora, que o seu esforço o faça continuar na seleção, que possa ajudar a levar a Argentina para a Copa do Mundo e que tenha sucesso com a mesma. Agora é a hora dele mostrar o seu valor e aproveitar esta oportunidade. Os madridistas torcem por ele.

Parabéns e boa sorte, Higuaín.

Real Madrid 3-0 Tenerife.

O Real Madrid recebeu hoje o Tenerife no estádio Santiago Bernabéu, em partida válida pela 5° rodada da La Liga. As novidades da equipe merengue foram os retornos de Pepe (cumpriu suspensão que o afastou da Liga) e Xabi Alonso (se recuperou de lesão).

Manuel Pellegrini continuou com o rodízio de seus jogadores e escalou o time já pensando na partida de meio de semana da Champions: Casillas; Ramos, Pepe, Albiol, Drenthe, Xabi, Lass, Granero, Cristiano, Raúl e Benzema. O técnico chileno poupou desta vez Kaká no primeiro tempo, que jogou várias partidas seguidas com o Real Madrid.

A partida começou pegada, já com duras faltas e o Tenerife não deu espaços ao Real Madrid. Com Cristiano no ataque ao lado de Benzema, e Raúl vindo mais de trás, a equipe merengue errou alguns ataques que poderiam ter se convertido em gols.

A partir dos 20min de jogo, o Real começou a ouvir as primeiras vaias do Bernabéu, por recuar a bola e tocá-la no campo de defesa ao invés de atacar. O Tenerife, fechado, ensaiava alguns ataques e ganhava tempo.

Aos 27min, Raúl teve uma grande chance após chute de Cristiano e rebote do goleiro, mas o capitão chutou em cima do mesmo e a bola saiu para escanteio.

Aos 30min, o Real Madrid teve uma boa chance com Benzema pela esquerda, mas o francês errou mais um passe. Drenthe recebeu falta num contra-ataque e Cristiano foi desarmado em outro ataque pela direita. Aos 37min, o português cobrou falta, com defesa do goleiro.

O primeiro tempo terminou morno, sem emoção, nem grandes jogadas. Kaká, que cria as jogadas como ninguém, fez falta na equipe. Percebendo isso, Pellegrini já começou o segundo tempo com o brasileiro e com Guti em campo, nos lugares de Granero e Ramos.

As duas substituições cairam como uma luva na equipe merengue. Kaká e Guti logo mostraram a qualidade de seus passes e, aos 47min, Benzema abriu o placar de cabeça, após cruzamento na área de Drenthe. 1 a 0.


Benzema, de cabeça.

Aos 51min, arrancada de Kaká e falta perto da área adversária. Cristiano cobrou e a bola bateu na barreira.

Aos 56min, arrancada sensacional de Cristiano, que chegou na área e chutou. O goleiro espalmou para escanteio e a torcida aplaudiu o português.

No minuto seguinte, bola rifada para frente, Benzema foi mais inteligente que o zagueiro, pegou a bola e tocou com categoria para o fundo das redes, marcando o seu segundo gol na partida. 2 a 0.


Benzema, com o seu oportunismo.

Aos 61min, outra arrancada de Kaká, que foi parado com falta dura pelo Tenerife.

Aos 65min, falha de Casillas na saída do gol e o Tenerife chutou na trave. A bola saiu. No lance seguinte, chute de fora da área e Casillas defendeu.

Aos 73min, Casillas mostrou sua qualidade ao defender dois chutes seguidos num lance perigoso do Tenerife.

Aos 77min, Kaká dominou bola num rebote e chutou de fora da área, marcando um golaço. O primeiro do brasileiro com a camisa do Real Madrid sem ser de pênalti.


Golaço de Kaká, de fora da área.

No minuto seguinte, Cristiano saiu para a entrada de Diarra.

Os madridistas administraram o placar com toques de primeira, correndo pela extenção do campo e tentando mais alguns ataques até o término da partida.

Um segundo tempo totalmente diferente do que foi o primeiro. O Real Madrid venceu a quinta partida na Liga em cinco partidas jogadas. 100% de aproveitamento até aqui.

Treino com portões fechados no Bernabéu para receber o Tenerife.

Com portões fechados, Manuel Pellegrini comandou o último treino da semana. Desta vez foi no estádio Santiago Bernabéu, e não em Valdebebas, como de costume. O chileno teve a conversa habitual com os seus jogadores e ensaiou os últimos aspectos táticos do time, com o objetivo de receber o Tenerife em casa, pela quinta rodada da La Liga.

Guti, um dos destaques do Real Madrid nos últimos jogos.

A semana foi muito puxada para os madridistas, com várias partidas importantes seguidas, mas o Real Madrid, felizmente, não tem do que reclamar, já que foram quatro vitórias em quatro jogos, equipe menos goleada e uma das mais goleadoras.

Pepe está de volta. Xabi Alonso já treina normalmente, mas pode ser poupado para a partida da Champions na próxima semana. Arbeloa, Metzelder e Nistelrooy seguem se recuperando. Pellegrini precisará poupar alguns de seus titulares, que jogaram várias partidas, para poder jogar com o time completo e descansado diante do Marseille, na segunda jornada da Champions. A boa política do rodízio de seus jogadores deve continuar.

O Real Madrid se prepara para a quinta vitória consecutiva na Liga. Uma equipe que está demonstrando segurança atrás e um grande poder ofensivo. Uma fórmula que Pellegrini espera que se repita no sábado, às 13:00 (horário de Brasília), no Santiago Bernabéu. E que seja mais uma vitória da equipe, que até aqui não conhece outro resultado.

Cristiano Ronaldo já está na história do Real Madrid.

Cristiano Ronaldo já faz parte da história do Real Madrid. E isto se deve a grande arrancada do português na temporada. Com o seu golaço no El Madrigal, na partida da quarta rodada da Liga contra o Villarreal, o novo craque madridista se tornou o primeiro jogador da história a conseguir marcar nas quatro primeiras rodadas da La Liga.

5 gols na Liga e 2 gols na Champions. O maior artilheiro da europa na atualidade.

Cristiano fechou a quarta rodada com 5 gols marcados, artilheiro da competição ao lado de Villa e Messi. E somando os dois gols na Champions, diante do Zurich, o português acumula 7 gols, se convertendo no maior artilheiro europeu, na frente do seu ex-companheiro de Manchester, Rooney, e do italiano Di Natale, que levam 6 gols oficiais.

Um início fantástico na sua estreia na Espanha. Atual Bola de Ouro e FIFA World Player, Cristiano mostrou logo nos primeiros encontros com a camisa blanca a sua enorme qualidade e efetividade, já com um recorde em mãos, superando jogadores como Rial, Valdano, Hugo Sanchéz, etc... que conseguiram marcar em suas quatro primeiras partidas oficiais com o Real Madrid, mas nunca nas quatro primeiras da La Liga.

Na primeira rodada, em sua estreia na La Liga, jogando no Bernabéu, marcou de pênalti contra o Deportivo. Contribuindo assim para os primeiros três pontos do Real Madrid. Marcou de novo contra o Espanyol, no 3 a 0, após uma ótima arrancada pela ponta do campo aos 90min de jogo. Marcou dois no fim de semana contra o Xerez e, no El Madrigal, marcou um golaço nos primeiros 100 segundos de jogo, arrancando pela esquerda, passando pelo time todo e chutando de fora da área, sem chances para Diego López.

Teve ainda a oportunidade de aumentar o seu marcador na partida com um pênalti. Mas CR9 abriu mão, deixando o seu companheiro Kaká marcar o seu primeiro gol oficial com o Real Madrid. Cristiano pensa agora no grupo, nas vitórias da equipe, nos companheiros.

Esta é a certificação da grande integração de Cristiano Ronaldo na sua nova equipe. E a demonstração do por que é, na atualidade, o melhor jogador do mundo.

Villarreal 0-2 Real Madrid.

O Real Madrid jogou hoje contra o Villarreal, no estádio El Madrigal, em partida válida pela 4° rodada da La Liga. Um momento especial para o técnico madridista, que pela primeira vez voltou a sua ex-casa. Pellegrini treinou o Villarreal durante cinco temporadas.

Diante dos desfalques do fim de semana (leia postagem anterior), Pellegrini armou uma equipe um pouco diferente. Arbeloa, que parecia estar bem, foi mais uma das ausências, com uma leve lesão no joelho. O espanhol ficará uma semana afastado. Mas quem saiu da '''geladeira'' e foi relacionado para a partida foi Van der Vaart, que quer um espaço no time.

Manuel Pellegrini escalou o time com base no que faltou na goleada diante do Xerez, que era reforçar o meio-campo, pois mesmo com a goleada o time jogou mal na 3° rodada. E a qualidade veio com a dupla Guti-Granero, que está dando certo na equipe.

A escalação de hoje foi assim:
Casillas; Ramos, Albiol, Gago, Marcelo, Lass, Granero, Guti, Kaká, Cristiano e Higuaín.

A partida começou com a genialidade de Cristiano Ronaldo. Assim como no jogo contra o Xerez, o português fez um gol logo no começo. E que golaço. Cristiano correu pela esquerda, como um foguete, cortou para dentro e chutou de fora da área. 1 a 0.

Cristiano Ronaldo, artilheiro do Real Madrid na Liga com 5 gols.

O Villarreal tentou correr atrás do prejuízo, mas a defesa madridista estava atenta, apesar de alguns passes errados no meio. Aos 12min, uma ótima tabela entre Guti-Granero-Cristiano, que o Villarreal só parou com falta.

Aos 22min, uma grande jogada do Real Madrid. Passe de Kaká, passe genial de Guti, cruzamento de Marcelo, mas Higuaín não aproveitou. Se o argentino tivesse marcado teria sido uma jogada perfeita.

Aos 29min, duas faltas seguidas em belos lances de Cristiano. O português reclamou com o juíz querendo que ele desse cartão, mas ele não deu. Aos 34min, falta dura em cima de Kaká em contra-ataque. E aí sim. Gonzalo foi expulso.

Aos 44min, Granero cobrou escanteio e Cristiano chutou no ar de primeira, mas a bola subiu muito e saiu. O primeiro tempo terminou de uma forma boa para o Real Madrid. 1 a 0, um jogador a mais, bons passes, bons lances. Apenas Higuaín não apareceu e se anulou na primeira etapa.

O segundo tempo começou com ataque dos dois lados. Apesar de estar com um a menos, o Villarreal foi para cima e deu perigo para o Real Madrid. Até os 60min o jogo ficou muito pegado. Guti e Gago tomaram cartões amarelos.

Aos 64min, Higuaín de cabeça baixa saiu para a entrada de Raúl.

Aos 70min, pênalti para o Real Madrid, após cruzamento na área de Marcelo e mão na bola. Kaká bateu com categoria e fez o seu primeiro gol oficial com o Real Madrid. 2 a 0.

Kaká e Cristiano se abraçam no primeiro gol oficial do brasileiro com o Real Madrid.

Aos 74min, Kaká saiu para a entrada de Van der Vaart, após muito tempo sem jogar com a equipe. No mesmo minuto, Cristiano cobrou falta e quase marcou outro gol.

Aos 80min, Guti muito aplaudido saiu para a entrada de Diarra.

Aos 86min, boa chance com Vaart caindo pela esquerda. O holandês cruzou e Raúl chutou, mas a bola subiu muito.

O Real Madrid tocou bola até o final e defendeu bem, mantendo o placar da partida sob controle, conquistando a 4° vitória em 4 jogos. 100% de aproveitamento na La Liga.



Recorde: Raúl se tornou hoje o jogador com mais partidas jogadas na história da La Liga por uma mesma equipe (524), superando o recorde de Sanchís (523). Leia mais aqui.

Rodada de meio de semana na La Liga.

O Real Madrid se prepara para a primeira partida de meio de semana da La Liga na temporada. O time merengue vai encarar amanhã o Villarreal, pela 4° rodada, no estádio El Madrigal, tentando se manter no topo da tabela com 100% de aproveitamento.

O técnico Manuel Pellegrini já conta com Sérgio Ramos, que jogou no domingo e se encontra bem fisicamente. O espanhol está muito feliz com o retorno e disse em entrevista que se sente muito querido pela torcida madridista. El '4' ainda falou que possui uma briga muito sadia com Arbeloa, com quem disputa posição, que ambos aprendem um com o outro.

Ruud segue em mais uma recuperação. Leia mais aqui.

O técnico chileno, porém, não pode contar com Metzelder, que ainda se recupera de lesão e nem com Nistelrooy, que se machucou de novo (leia a postagem anterior). O holandês treinou hoje sozinho e segue na recuperação. Outro lesionado do time, mas que já está quase bom, é Xabi Alonso. O espanhol já voltou a correr e poderá jogar no fim de semana.

Diante dos desfalques, Pellegrini tenta armar uma equipe competitiva num ótimo desafio, que é jogar contra o Villarreal, fora de casa. Entre os seus jogadores, a empolgação fica por conta de Cristiano Ronaldo, muito elogiado durante a semana pela imprensa e feliz, querendo de qualquer jeito ser o artilheiro da La Liga. Já são 4 gols na conta do português.

A partida Villarreal-Real Madrid, amanhã, começa às 15:00 (horário de Brasília).

Força, Ruud!

O holandês Ruud Van Nistelrooy, que voltou em grande estilo contra o Xerez, pela 3° rodada da La Liga, ao participar da jogada do quarto gol do Real Madrid e marcar o quinto gol, se machucou no ''feliz'' lance que fechou a goleada do time merengue.

Quando tudo parecia correr bem, por ter voltado a jogar uma partida oficial depois de tanto tempo machucado (desde o ano passado Ruud vem se recuperando de uma grave lesão no joelho), o holandês sofreu uma lesão muscular no momento em que marcou o gol.

Momento em que Ruud marcou o gol e se machucou.

O estádio aplaudiu e comemorou o retorno do atacante, assim como Ruud comemorou e agradeceu a torcida. A felicidade foi tanta que nem houve tempo de perceber se houve uma lesão muscular no momento. E houve, lesão na coxa esquerda. Agora a previsão é de um mês e meio de recuperação e trabalho específico para voltar a jogar em novembro. Vamos torcer para que a força de vontade de Ruud continue e que ele não desanime agora.

Força, Ruud!

Cristiano Ronaldo e Guti são destaques após goleada.

Os jornais esportivos na Espanha destacaram nesta manhã o feito histórico da seleção espanhola, campeã da Eurobasket (leia a postagem anterior). Mas a goleada do Real Madrid também teve o seu espaço. O que se viu na maioria dos jornais foi a ''estranha'' goleada dos merengues, que não jogaram bem e golearam o Xerez (postagem da partida aqui).

Manuel Pellegrini, após o jogo, disse que a equipe não jogou bem, mas que ficou feliz com o resultado. Ou seja, foi praticamente unânime o tema ''goleada fictícia''. Mas numa partida de cinco gols como essa, há os destaques, que fizeram por onde chegar ao resultado.

Guti e Cristiano, destaques do Real Madrid nos últimos jogos.

Cristiano Ronaldo, que marcou dois gols na partida, foi lembrado como ''O Rei Cristiano'' pelo jornal AS e com a frase "A caminho de quebrar todos os recordes" pelo jornal Marca. Já Guti, que marcou três gols nos últimos três jogos, deu uma bela assistência na partida, além de um golaço. O espanhol foi lembrado pelo jornal AS com a frase ''Guti segue sendo muito importante nesta equipe", elogiando as suas últimas atuações pelo Real Madrid.

Os dois madridistas estão decolando. Se conseguirem manter este nível dos últimos três jogos, já estarão tendo uma temporada excepcional. A torcida é grande.

Objetivo: Gol.

O Real Madrid , porém, acredita que o importante é o gol. E está contente com o que está sendo visto dentro de campo, pois o Real marcou 11 gols em 3 partidas da La Liga. O melhor início de Liga dos últimos 22 anos. Na temporada 87/88, Butragueño, Hugo Sánchez, Míchel & cia levaram o Real Madrid ao terceiro título consecutivo da Liga. 22 anos depois, Cristiano, Kaká, Raúl, Guti & cia estão com o mesmo propósito, trilhando o mesmo caminho.

O Real Madrid está em 1° na tabela da La Liga pelo saldo de gols.

Madridistas campeões da Eurobasket com a Espanha.

A Espanha se sagrou campeã da Eurobasket pela primeira vez na história. A seleção conquistou o título após massacrar a Sérvia por 85 a 63 neste domingo, dando um baita show dentro da quadra. Destaque para o pivô Pau Gasol, cestinha do jogo com 18 pontos.

¡Campeones!

Três jogadores do Real Madrid fizeram parte do grupo vencedor, sendo peças-chaves da equipe na inédita conquista. São eles: Felipe Reyes, Sergio Lull e Jorge Garbajosa.

Parabéns, Espanha e madridistas!

Raúl iguala o recorde de Sanchís com 523 partidas na La Liga.

O capitão Raúl bateu hoje mais um recorde. Ao jogar diante do Xerez, pela 3° rodada da La Liga, Raúl igualou o recorde de Sanchís: 523 partidas na Liga espanhola.

O capitão do Real Madrid ainda quer mais conquistas.

Como é de costume, Raúl aparece quebrando recordes. Desta vez não foi de gols, mas de partidas jogadas. Raúl e Sanchís são os dois jogadores que mais disputaram partidas na história da La Liga numa mesma equipe. São 523 partidas em que vestiram a camisa blanca.

Vale lembrar que os dois possuem uma grande relação de amizade. E Raúl está orgulhoso de mais um feito, como disse em entrevista ao jornal espanhol AS: "Alcançar um jogador tão grande na história do clube como Sanchís dá um estímulo a mais na minha carreira".

Mas Raúl tem os pés no chão, pensa no coletivo e nos títulos do Real Madrid: "De qualquer forma, não jogo ou vivo para bater recordes individuais, pois os recordes que eu mais gosto são os títulos que o Real Madrid ganha no final da temporada. Além do que, os recordes pendentes de superar estão em posse de jogadores extraordinários que foram melhores que eu. O que conquistei até o momento foi fruto de muito tempo de trabalho".

Dos 224 gols marcados na Liga, Raúl conseguiu 35 dobletes e 3 hat-trick. Mas 'El Ferrari' não se contenta: "Ainda tenho muita coisa pela frente e mantenho a mesma gana e entusiasmo do primeiro dia", disse o veterano, que Pellegrini afirmou ter 18 anos pela sua garra.

O que está claro é que os dois jogadores (Raúl e Sanchís), um ativo e o outro aposentado, são e serão dois mitos do madridismo. Podem se tornar presidentes do Real Madrid um dia, como muita gente acredita, mas que só o tempo dirá. Enquanto isso, Raúl soma e segue...

Neste semana, mais precisamente na quarta-feira, pela 4° rodada da La Liga, diante do Villarreal, Raúl vai superar o recorde de Sanchís e se tornar o jogador com mais partidas na história da La Liga por uma mesma equipe (524).

Atualizado: Recorde batido no dia 23/09/09 contra o Villarreal. Leia aqui.

Real Madrid 5-0 Xerez.

O Real Madrid jogou hoje contra o Xerez, pela 3° rodada da La Liga, no Santiago Bernabéu.

A novidade da equipe merengue foi a volta de Sérgio Ramos, após muito tempo. A última partida oficial do espanhol tinha sido na Copa das Confederações, contra os Estados Unidos. Desde então ele vinha se recuperando da lesão no tendão de Aquiles, treinando sozinho.

Manuel Pellegrini escalou o time assim:
Casillas; S. Ramos, Albiol, Garay, Marcelo, Lass, Gago, Kaká, Cristiano, Raúl e Benzema.

O Real Madrid abriu o placar antes do primeiro minuto. Cristiano Ronaldo, em jogada individual, fez 1 a 0. Mas o Real Madrid não teve vida fácil. O Xerez chegou várias vezes ao gol dos merengues, porém a equipe da casa soube neutralizar os ataques. Durante todo o tempo em que o Real Madrid relaxou e não atacou com muita força, o Xerez foi se soltando.


Cristiano Ronaldo, aos 47 segundos do primeiro tempo.

No segundo tempo, com o andamento da partida, Pellegrini substituiu Raúl e colocou Granero em campo. A partida se manteve da mesma forma, com tentativas de passes, entrar na área adversária... mas ainda um jogo devagar. Pellegrini, então, colocou Guti no lugar de Kaká, algo esperado, pois o brasileiro jogou muitas partidas e precisava de um descanso.

Aos 75min, Cristiano Ronaldo, bem posicionado, recebeu cruzamento de escanteio e marcou de cabeça. 2 a 0 Real Madrid. Aos 78min, numa sobra na área, após furada de Benzema, Guti pegou de primeira e fuzilou o goleiro, marcando o terceiro gol do Real, mudando o aspecto morno da partida. Em seguida, Cristiano deu lugar para Ruud.

O holandês, que está recuperando a forma física, participou logo no primeiro lance na jogada do quarto gol, aonde Benzema recebeu, driblou o zagueiro e chutou com força. Aos 88min, o maior presente que Nistelrooy poderia receber. Recebeu a bola, dominou e marcou o quinto gol do Real, muito aplaudido, pela volta por cima e pelo grande retorno.

Todos os gols da partida.

Recorde: Raúl igualou hoje o recorde de Sanchís, com 523 partidas na La Liga (leia aqui).

Hugo Sánchez.

Hugo Sánchez Márquez nasceu no dia 11 de julho de 1958, na Cidade do México. É uma das lendas do Real Madrid e considerado o maior jogador mexicano de todos os tempos.

Atacante, fazia gols como ninguém, alguns considerados um dos mais bonitos da história. Hugo tinha uma capacidade de se livrar da marcação adversária e finalizar que era sensacional. Além do jeito próprio e exótico de comemorar os seus gols.

Assinatura de Hugo na foto com a camisa blanca.

Hugol, como também era conhecido, jogou no Real Madrid de 1985 até 1992, marcando incríveis 234 gols com a camisa blanca, tornando-se na época o maior artilheiro da história do Real Madrid, ultrapassando inclusive Di Stéfano, que tinha 227.

Conquistou 5 Campeonatos Espanhóis, 1 Copa da Espanha, 1 Copa da UEFA, 2 Supercopas, 5 troféus Pichichi (como artilheiro da Liga) e 1 vez a Chuteira de Ouro.

Assista ao vídeo abaixo e conheça mais sobre este grande jogador, com os seus gols, jogadas, comemorações e tudo que o transformou numa das lendas do Real Madrid.


Hugo Sánchez no Real Madrid.

Resultado da 2° Enquete do blog.

Quem será o artilheiro do Real Madrid na temporada 2009/10?

1. Cristiano (34,78%).
2. Raúl (26,96%).
3. Benzema (25,22%).
4. Kaká (9,57%).
5. Higuaín (2,61%).
6. Outro (0,87%).

A enquete ficou no ar por quase três semanas e teve um total de 115 votos. A maioria dos leitores do blog acreditam que Cristiano será o artilheiro do Real Madrid na temporada.

Até a última semana, havia um empate técnico entre Raúl-Benzema-Cristiano. Mas com o passar dos dias, o português deu uma decolada, assim como vem decolando em campo.

Raúl, por sua vez, ficou na frente de Benzema. O capitão segue surpreendendo. Já o francês, jovem jogador, quer mostrar que é goleador, como já mostrou na pré-temporada.

Kaká, apesar de não ter a função de goleador na equipe, também foi lembrado. O brasileiro, que cria as jogadas e serve os atacantes com muita classe, teve 9,57% dos votos. Se ele não será o goleador, não será surpresa. Mas concerteza ele será o ''garçom'' da equipe.

Higuaín, o jogador mais destacado da equipe merengue na temporada passada (ao lado de Raúl), recebeu apenas 2,61% dos votos. A concorrência desta vez pesou para o argentino, que segue buscando o seu espaço e quer mostrar o seu valor durante o ''rodízio''.

E apenas 0,87% votaram na opção Outro. Ou seja, os leitores acreditam que Nistelrooy, Granero, Guti & cia não terão chance de serem os goleadores, com tanto talento na frente.

Além de votar, agora é a sua hora de comentar. Você leitor, responda:

- Quem será o artilheiro do Real Madrid na temporada 2009/10?

Clima bom pós-goleada na Champions.

Manuel Pellegrini comandou um treino hoje em Valdebebas. E o que se viu foi o bom clima reinando entre os madridistas, que conquistaram os primeiros três pontos na Champions com goleada. O chileno, porém, já pensa na partida do dia 20, contra o Xerez, no Bernabéu.

Cristiano Ronaldo se diverte, após marcar dois gols de falta numa partida.

Os madridistas fizeram corrida em conjunto e depois o plantel se dividiu em dois grupos. Os titulares da Champions de um lado (Casillas, Pepe, Cristiano, Raúl, Arbeloa, Drenthe, Lass, Kaká e Albiol), que fizeram mais corrida leve antes de entrarem nas instalações do clube.

Já os outros madridistas (Marcelo, Van der Vaart, Ramos, Guti, Van Nistelrooy, Benzema, Gago, Diarra, Garay e Granero) se exercitaram no campo, treinaram com bola e depois treinaram chutes ao gol. Os goleiros Dudek e Adán fizeram um trabalho específico.

Benzema, que não jogou na estreia do Real na Champions, disse em entrevista que o Real Madrid pode melhorar mais ainda contra o Xerez, na La Liga.

Xabi Alonso, baixa por no mínimo 5 dias.

O espanhol Xabi Alonso será baixa para os próximos dois compromissos do Real Madrid na La Liga. Contra o Xerez, em casa e contra o Villarreal, fora de casa.

Os médicos da equipe merengue decidiram esperar passar a inflamação no tornozelo de Xabi para explorar o ''estrago'' sofrido na partida de estreia na UCL, ontem, na Suíça.

Metzelder, por sua vez, trabalhou no ginásio, com uma leve lesão no tornozelo.

FC Zürich 2-5 Real Madrid.

O Real Madrid estreou hoje na UEFA Champions League 2009/10, enfrentando o FC Zürich, no estádio Letzigrund, na Suíça, com o pé direito, goleando o time da casa por 5 a 2.

A novidade na equipe merengue foi a volta de Pepe em uma partida oficial do Real Madrid, após 5 meses afastado por conta de uma suspensão na La Liga. O português, porém, jogou em algumas partidas do Real Madrid na pré-temporada deste ano.

Manuel Pellegrini escalou o time assim:
Casillas; Arbeloa, Albiol, Pepe, Drenthe, Xabi, Lass, Cristiano, Kaká, Raúl e Higuaín.

O Real Madrid entrou em campo sem o patrocínio na camisa, respeitando as leis da Suiça, que não aceitam alguns tipos de propagandas no país.

O time suiço começou a partida com muita vontade, fazendo duras faltas. O juíz não puniu com coerência, mas como sempre acontece com um time carniceiro, o time adversário (Real Madrid) mostrou qualidade e deu um banho de água fria na equipe da casa.

Cristiano Ronaldo teve uma chance de falta e chutou para fora, se lamentou. No lance seguinte, o português teve outra chance de falta aos 27min. Desta vez, Raúl chegou perto dele e deu um toque no luso, que fechou os olhos e respirou fundo. Raúl passou pela bola e Cristiano chutou, numa cobrança perfeita, marcando um golaço. O primeiro de falta do português no Real Madrid, que ele tanto queria fazer. O banho de água fria no time suiço.

A partir daí, Higuaín teve uma boa oportunidade na área e tocou para Raúl. O capitão marcou o segundo gol do Real Madrid e agradeceu o companheiro argentino. Raúl segue sendo o maior artilheiro da história da UCL com sobras...

Higuaín, que merecia um gol pela assistência, marcou o dele no fim. O argentino se livrou da marcação e chutou cruzado, sem chances para o goleiro. 3 a 0, anulando o time adversário, que no primeiro tempo só teve um semi-chute ao gol.

No segundo tempo, porém, foi outra partida. O confuso juíz marcou um pênalti que não existiu para o time suiço aos 16min. Gol. Dois minutos depois, o time suiço em cobrança de escanteio marcou de cabeça o segundo gol.

Xabi Alonso, que se machucou, deu lugar para Gago. Higuaín, deu lugar para Guti (o técnico Pellegrini quis tirar um atacante e reforçar o meio), mas o Real por um tempinho perdeu o esquema com o placar 3 a 2.

Mas chegando no final da partida, Cristiano Ronaldo teve outra cobrança de falta e marcou de longe, com um frango do goleiro. O português comemorou muito. Dois gols de falta.

Já nos acréscimos, Kaká tocou para Guti, que tinha a opção de tocar para Cristiano, mas o espanhol tentou encobrir o goleiro e marcou um golaço de cobertura, fechando a partida com chave de ouro. 5 a 2, fora de casa. Três pontos somados e jogadores revalorizados.



A partida foi espetacular no sentido de revalorizar os madridistas que vinham sendo criticados injustamente. Cristiano Ronaldo (com uma grande partida), Raúl (lutou a partida inteira) e Guti (mostrou a sua qualidade, marcando dois golaços nos dois últimos jogos pelo Real Madrid), entre outros, calaram mais uma vez a imprensa e os antis.

Assim o Real Madrid estreou na UCL deste ano. Há o que melhorar, tanto em bolas aéreas, quanto no esquema durante os 90 minutos, mas o time está decolando e vai longe.

Obs: Esta é a postagem número 100 do blog. Obrigado a todos os torcedores e simpatizantes do Real Madrid pelo mundo que acessam o Blog do Madridista.

Preparação para o início da Champions.

Manuel Pellegrini convocou 20 jogadores para a partida contra o Zürich, na estreia do Real Madrid na UEFA Champions League 2009/10. As novidades são a volta de Pepe e Gago. Além da inclusão de Albiol, que se recuperou rápido da lesão sofrida na última partida.

Diarra, Van der Vaart e Garay ficaram de fora da convocação por decisão técnica. Sérgio Ramos, por sua vez, fica de fora por não estar totalmente recuperado de sua lesão. Mas o espanhol estará apto para jogar no próximo domingo, conforme dito por Pellegrini.

Pellegrini observa os seus comandados no treino antes da estreia na Champions.

Convocados:
Casillas, Dudek, Adán; Marcelo, Pepe, Albiol, Metzelder, Arbeloa; Gago, Lass, Guti, Drenthe, Granero, Xabi Alonso, Kaká; Raúl, Benzema, Cristiano Ronaldo, Higuaín e Nistelrooy.

O Real Madrid estreia na Champions no dia 15 (terça-feira), fora de casa, contra o FC Zürich, no estádio Letzigrund, às 15:45 (horário de Brasília).

Espanyol 0-3 Real Madrid.

O Real Madrid venceu hoje o Espanyol na 2° rodada da La Liga, na primeira partida oficial do novo estádio do clube de Barcelona, o Cornellà-El Prat. Além disso, foi a primeira vez que o Espanyol jogou em casa sem Daniel Jarque, o seu eterno capitão. Dani recebeu a sua devida homenagem na nova casa do clube, mais uma de várias homenagens que o jovem jogador recebeu desde o seu falecimento. O Real Madrid segue 100% na La Liga com a vitória.

Cornellà-El Prat, o mais novo e moderno estádio do Espanyol.

Manuel Pellegrini escalou o time e iniciou o seu rodízio na temporada assim: Casillas; Arbeloa, Albiol, Metzelder, Marcelo, Xabi Alonso, Guti, Granero, Kaká, Benzema e Higuaín.

O primeiro lance perigoso saiu logo no começo da partida. Granero cobrou escanteio e Metzelder não aproveitou a bola, que estava em cima da linha do gol e acabou subindo.

Mas a partida seguiu truncada no meio de campo ao longo do primeiro tempo, com ambas as equipes criando, mas pecando nas finalizações. O Espanyol teve boas oportunidades, mas não soube aproveitá-las. Já o Real Madrid melhorou mais na parte final da primeira etapa. Kaká recebeu, dominou no peito e Marcelo chegou batendo. O goleiro adversário fez boa defesa. Mas no lance seguinte não teve jeito, Kaká fez boa tabelinha com Granero, que marcou o primeiro gol oficial do novo estádio do Espanyol. O ''pirata'' agradeceu o brasileiro. Quando o Real começou a jogar melhor, a primeira etapa acabou.


Gol de Granero, com passe de Kaká.

No segundo tempo a partida continuou no clima do primeiro tempo e seguiu assim até que em mais uma assistência de Kaká no jogo, Guti marcou o segundo gol do Real Madrid aos 77min. Com as entradas de Cristiano Ronaldo e Raúl, o time merengue teve mais qualidade no toque de bola e na chegada ao gol adversário, mesmo com Kaká dominando a partida. Pouco antes do fim, Raúl em boa jogada quase marcou o dele. Aos 90min, Cristiano correu pela ponta do campo e entrou em diagonal na área, batendo com categoria entre as pernas do goleiro e liquidando o jogo. 3 a 0. O português, que estava sendo criticado, mostrou um ar de alívio com o gol. Em seguida, o juíz encerrou a partida, na boa vitória do Real Madrid.


Gol de Guti, com mais um passe de Kaká.

Gol de Cristiano Ronaldo, aos 90min.

Outro grande fato do dia foi de Iker Casillas, que completou hoje 10 anos desde a sua estreia no Real Madrid. No dia 12 de setembro de 1999, o goleiro madridista estreou com a camisa blanca em San Mamés e, desde então, segue sendo o titular absoluto nas redes do clube merengue (exceto em 2000, por alguns meses, quando esteve num momento pessoal ruim).

Casillas, o goleiro 10.

O indiscutível madridista, que bateu essa semana o recorde de Zubizarreta com a fúria (leia postagens anteriores), agora se tornou o ''goleiro 10'', como mostra a foto acima, do bolo de aniversário de Real Madrid que o goleiro recebeu ontem, com a merecida homenagem.

Preparação para a 2° rodada da La Liga.

Os jogadores internacionais que estavam atuando pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010 voltaram aos treinamentos no Real Madrid. Pepe e Lass, por terem jogado os 90 minutos por suas seleções, não treinaram no mesmo ritmo dos outros madridistas.

Benzema, que não entrou na partida da França contra a Sérvia, treinou no ritmo dos outros normalmente. Bem como os espanhóis, que se classificaram para a Copa após vencer a Estônia por 3 a 0 e Van der Vaart, que jogou 13 minutos com a Holanda, contra a Escócia.

Xabi Alonso, artífice da Espanha nas eliminatórias e na conquista da vaga.

Kaká, que jogou uma partida pelo Brasil, já tinha retornado aos treinos com o Real Madrid, pois a CBF liberou o jogador da partida de meio de semana (leia postagens anteriores).

O único ausente foi Fernando Gago, que não treinou hoje com o Real Madrid por ter jogado com a seleção Argentina, no Paraguai, na madrugada anterior.

Cristiano Ronaldo, por sua vez, também teria um ritmo menor como Pepe e Lass, mas o português chegou atrasado no treino. O técnico Manuel Pellegrini recriminou o luso, que não treinou junto aos outros madridistas. Cristiano também foi assunto antes da partida, em relação as críticas que o português vem recebendo sobre as suas atuações:

Cristiano chegou atrasado no treino pela 1° vez no Real Madrid.

Jorge Valdano, diretor-geral do Real Madrid: "Gostei da primeira partida dele (Cristiano). Marcou, apesar de ter sido de pênalti, mas teve várias jogadas criadas. Possivelmente ele está ansioso, já que quer ser o melhor. Mas temos que esperar umas partidas para ver o que acontece. Já vimos acontecer isso com Zidane."

De la Peña, meio-campo do Espanyol: "Cristiano não tem que provar nada. Ví ele jogar contra o Deportivo e gostei. Além do que, qualquer jogador do Real Madrid pode decidir uma partida."

Assim o Real Madrid se prepara para a 2° rodada da La Liga, após uma semana de jogos internacionais e retorno exaustivo dos madridistas que ainda sonham em se classificar para a Copa do Mundo. Caso não haja nenhuma novidade em relação aos comandados de Pellegrini, repercussão do Cristiano Ronaldo e/ou mudança no esquema dos treinos, a próxima postagem será a do jogo.

O Real Madrid enfrenta o Espanyol, em Barcelona, no dia 12 (sábado), às 15:00 (horário de Brasília). O clube merengue será o primeiro clube da liga espanhola a jogar no novo estádio do Espanyol, o Cornellà-El Prat, estádio novo e moderno, que foi inaugurado este ano, com uma partida diante do Liverpool, no dia 2 de agosto. A estreia também servirá para homenagear Daniel Jarque, que faleceu recentemente.

Iker Casillas, recordista com la 'roja'.

Após bater um recorde na partida em Mérida, se tornando o goleiro espanhol com mais partidas sem tomar gol, 57, superando Andoni Zubizarreta, o madridista Iker Casillas comemorou a classificação da fúria para a Copa, mas logo disse que mantém os pés no chão.

"Temos que manter os pés no chão."

O capitão da seleção espanhola comentou sobre a classificação, o seu recorde e sobre a Copa: "A classificação serviu para o grupo crescer e agora iremos para a Copa, na África do Sul, com um objetivo claro, mas com os pés no chão. Sabemos que devemos pensar apenas na próxima partida e ser humildes para manter o nível de jogo que estamos mostrando", disse o madridista.

Sobre o seu recorde: "Sempre que se supera uma marca e há companheiros que escreveram história com a seleção, como Zubizarreta, você se sente feliz e orgulhoso. Mais ainda em um país como o nosso, que possui grandes goleiros", reconheceu o capitão.

Iker superou Zubizarreta mesmo tendo disputado menos partidas, são 98 contra 126 para o jogador que se mantém com mais partidas internacionais, seguido por Raúl, com 102.

"Sei que estou perto de 100 partidas com a seleção", disse Casillas. "Não sei em que partida isso acontecerá, mas vai ser especial chegar a um número tão grande", completou o recordista com la 'roja'.

Resultado da 1° Enquete do blog.

De qual jogador holandês o Real Madrid vai sentir falta?

1. Nenhum (52,00%).
2. Robben (29,33%).
3. Sneijder (14,67%).
4. Huntelaar (4,00%).

A enquete ficou no ar por pouco mais de duas semanas e a maioria dos leitores do blog acreditam que nenhum dos holandeses que deixaram o Real Madrid fará falta no time. Ou seja, acreditam no elenco do Real.

Dos três jogadores, o mais votado foi o Robben, que entrou bem na equipe do Bayern e está tendo uma boa parceria com Ribéry. Sneijder, que está buscando o seu espaço na Inter, ficou mais atrás. Huntelaar, por sua vez, recebeu apenas 4% dos votos.

Votem nas outras enquetes do blog mais abaixo. A 2°, ''Quem será o artilheiro do Real Madrid na temporada 2009/10?'' acabará em breve e segue com empate técnico. A 3°, "Qual será a campanha do Real Madrid na UEFA Champions League 2009/10?", foi colocada no ar agora. VOTEM!

Além de votar, agora é a sua hora de comentar. Você leitor, responda:

- De qual jogador holandês o Real Madrid vai sentir falta?

Espanha 3-0 Estônia.

A Espanha está classificada para a Copa do Mundo de 2010 na África do Sul. Com 100% de aproveitamento nas eliminatórias, a fúria venceu hoje a Estônia, por 3 a 0, no Romano Jose Fouto, Mérida, e garantiu o passaporte para a Copa com 8 vitórias em 8 jogos.

Del Bosque escalou o time assim: Casillas; Albiol, Piqué, Puyol, Capdevila; Cesc, Senna, Xavi; Silva (Mata, min. 79); Villa (Cazorla, min. 66) e Torres (Güiza, min. 57).

Cesc Fabregas abriu o placar aos 33min do 1° tempo, após boa tabela com Silva. Já no 2° tempo, Cazorla aumentou para a Espanha aos 37min. E aos 45min, Mata fechou o jogo.


1° gol da Espanha, marcado por Fabregas.


2° gol da Espanha, marcado por Cazorla.


3° gol da Espanha, marcado por Mata.

A Estônia começou a partida totalmente retrancada, mas aos poucos, com o toque de bola, a seleção comandada por Vicente del Bosque mostrou a sua força e conseguiu passar pela defesa adversária, conseguindo mais uma goleada nas eliminatórias e convencendo. A Espanha garante vaga na Copa do Mundo com méritos. E, desta vez, bem mais madura.

O dia do '9'.

Numa data especial como hoje, 09/09/09, veremos 9 jogadores que fizeram história no Real Madrid com a camisa 9. Um número reservado aos goleadores. Mais de 9 madridistas vestiram e honraram esta camisa, mas como hoje é O dia do '9', foram escolhidos 9.

Pahíño, o atacante valente, grande goleador. Conquistou dois Pichichis em sua carreira, um deles com o Real Madrid. Homem de área, ambidestro, chute forte com as duas pernas, bom na jogada aérea. Foi um dos maiores goleadores de sua época. (1948/49-1952/53).

Di Stéfano, não há muito o que falar, simplesmente o maior jogador de todos os tempos. Era um líder dentro e fora de campo, apesar que sua modéstia sempre dizia que era um jogador de equipe. Levou o Real Madrid ao topo do mundo, conquistou tudo e marcou incríveis 418 gols em 510 partidas. A flecha loira. Uma postagem só para ele ainda seria pouco. (1953/54-1963/64).

Grosso, o herdeiro da camisa de Di Stéfano, vestiu com orgulho e trabalhou forte. Foi um jogador de equipe, daqueles que todo treinador e torcedor gostaria de ter em seu time. Um jogador de sacrifícios e entrega. (1964/65-1975/76).

Santillana, o maior cabeceador de todos os tempos, formou uma inesquecível sociedade com Juanito. Tinha uma potência de salto fora do comum. Parava no ar e marcava de cabeça como ninguém. (1971/72-1987/88).

Hugo Sánchez, o maior jogador mexicano de todos os tempos, conhecido também como Hugol, pelo seu faro de gol e pelos golaços que fazia. Marcava gols incríveis, alguns tidos como os mais bonitos da história. E na memória dos madridistas, está aquela comemoração única dele, que tanto alegrou os torcedores, com mais de 250 gols com o Real Madrid. (1985/86-1991/92).

Zamorano, o Bam Bam, marcou história pela sua força nas finalizações e nas incansáveis buscas pelo gol. Quatro temporadas de entrega, mais de 100 gols. Bom de cabeça, corajoso, sabia se colocar em campo. (1992/93-1995/96).

Morientes, um dos espanhóis em atividade com mais experiência e êxitos na carreira. Formou uma dupla inesquecível com Raúl, aonde se tornaram amigos dentro e fora de campo, parceria perfeita. Bom cabeceador, forte disparo, habilidade com as duas pernas... Se destacou em três das ligas mais importantes da europa: espanhola, francesa e inglesa. Ao deixar o Real Madrid, lágrimas de sinceridade, por toda a história que escreveu e sentimento que possui pelo clube. (1997/98-2004/05).

Ronaldo, conhecido também como 'fenômeno', contratado por seu nome ser sinônimo de gol. Era o que mais sabia fazer, gols. Arrancada fatal, chute forte com as duas pernas, habilidade, dribles, não deixava os zagueiros em paz nunca. Não era um bom cabeceador, mas compensava com a bola nos pés. (2002/03-2006/07).

Cristiano Ronaldo, contratado como o melhor jogador do mundo, a contratação mais cara da história. Talentoso, veloz, habilidoso, artilheiro... Conquistou quase tudo mesmo sendo tão jovem. Sonhava em jogar no Real Madrid e chegou lá. Um futebol de fantasias, um desejo real. A história do português com o Real Madrid está para ser escrita. (2009-).

Kaká e Sérgio Ramos estão de volta.

Assim como no treino de segunda-feira (leia postagens anteriores), Pellegrini comandou o seu pequeno elenco no terceiro dia de treinamentos da semana em Valdebebas. A novidade foi o retorno de Kaká, que foi dispensado pela CBF após o jogo contra a Argentina, bem como a volta de Sérgio Ramos, que mostra estar apto para jogar, após semanas lesionado.

À espera dos internacionais que estão com as suas seleções, os madridistas fizeram uma sessão suave com bola e correria pelo campo. Confira duas fotos do treino de hoje:

Kaká está de volta.

Sérgio Ramos está recuperado.

100 dias de Manuel Pellegrini.

Manuel Pellegrini assinou o seu contrato com o Real Madrid no dia 2 de junho e cumpre hoje 100 dias como técnico blanco. O chileno implantou o seu estilo e comanda o seu elenco. O ''trio mágico'' Cristiano-Kaká-Benzema está rendendo bem, com Raúl como protagonista.

O técnico desembarcou no clube com as idéias claras, tal como explicou em sua entrevista já como madridista: ''Quero ter dois jogadores por posição''. Sua principal meta era começar a pré-temporada com uma equipe equilibrada.

Pellegrini entrando em campo num Santiago Bernabéu lotado.

As altas para a temporada 2009/10 foram: Cristiano Ronaldo, Kaká, Benzema, Xabi Alonso, Albiol, Garay, Granero e Arbeloa. A operação saída, por sua vez, foi em escalas. Até o final de julho, para se ter idéia, 30 jogadores faziam parte do elenco.

Mas as saídas começaram a acontecer, e partiram: Saviola, Javi García, Codina, Parejo, Heinze, Palanca, Míchel Salgado, Negredo, Torres, Huntelaar, Sneijder e Robben. De la Red, por sua parte, segue no clube, mas não está registrado, devido ao seu problema cardíaco.

Pellegrini teve de aceitar as vendas de Robben e Sneijder, mesmo querendo contar com eles. Os motivos foram econômicos e o chileno nada pôde fazer. Mas o treinador merengue segue dizendo que está no comando da equipe, deixando claro que ele é o chefe do vestiário.

Lass, Granero e Raúl foram revalorizados. O primeiro segue sendo a sensação do meio-campo, vestindo a camisa 10 com muita personalidade, fazendo dupla com Xabi. O segundo se firmou como o 12° jogador da equipe, com muito orgulho de estar de volta no Real Madrid. E o terceiro segue quebrando recordes e surpreendendo, assim como disse Pellegrini: "Raúl parece um menino de 18 anos".

Com uma relação boa e discreta com a imprensa, Pellegrini cuida de suas aparições em público para não se desgastar. Mas o chileno tem uma ótima relação com os diretores, jogadores e com o público, que até o presente momento está aprovando o trabalho do novo comandante madridista. O diretor-geral, Jorge Valdano, apresentou o técnico como o ''Arsene Wenger espanhol'' no dia 2 de junho.

Manuel Pellegrini é ambicioso, como não podia ser diferente. Disse: "lutaremos pelos três títulos". E visa muito a disciplina, como foi visto com a volta das concentrações. O treinador conversa bastante com os seus jogadores, mas não admite interferências no seu trabalho. O último treinador que usou as concentrações foi Camacho, mas não durou muito tempo no cargo. Pellegrini não se importou com isso e afirmou a sua autoridade.

O chileno comandou 10 partidas em 100 dias. Foram 9 jogos na pré-temporada (veja como foram aqui) e 1 jogo na La Liga (veja como foi aqui). Vitórias em cima de Shamrock (0-1), Liga de Quito (4-2), Toronto (1-5), DC United (0-3), Real Sociedad (0-2), Borussia Dortmund (0-5), Rosenborg (4-0) e Deportivo (3-2). Empate contra o Al Ittihad (1-1) e derrota contra a Juventus (2-1). Mas vale lembrar, que nesta derrota, ainda faltavam os internacionais que jogaram a Copa das Confederações e as contratações de Xabi Alonso e Arbeloa.

Os 100 dias foram completados com boa harmonia, bom trabalho e boas vitórias. Se os dias que virão também serão de êxitos, não se sabe, mas o trabalho continua. Veremos nos próximos meses como será o segundo capítulo desta história.

Os 8 Mandamentos de Florentino Pérez.

Visando garantir o sucesso de seus jogadores, o presidente do Real Madrid lançou uma cartilha com os 8 mandamentos do clube merengue. Tais mandamentos, instituídos pelo próprio Florentino, tem como intenção evitar qualquer briga de egos entre a equipe e garantir o comprometimento de todos junto ao maior clube do mundo, o Real Madrid.

Confira os 8 mandamentos de Florentino Pérez:
  1. Proximidade: ser próximo dos torcedores.
  2. Educação: mostrar respeito com técnico, diretoria e torcida.
  3. Esforço: sacrifício e dedicação.
  4. Pontualidade: chegar a tempo de todas as atividades.
  5. Saúde: evitar situações de risco.
  6. Ordem: "não" às saídas noturnas.
  7. Imagem: cuidar da maneira como se veste.
  8. Colaboração: com o clube e com a imprensa.

Real Madrid e AC Milan duelaram num amistoso de veteranos.

Os veteranos de Real Madrid e AC Milan disputaram nesta segunda-feira uma partida amistosa, no estádio San Siro, em Milão, valendo o Troféu Telecom Itália.

O Troféu foi uma grande oportunidade de ver grandes estrelas, que brilharam em décadas anteriores, em ação novamente. Ex-jogadores como Maldini, Buyo, Baresi, etc... deram a felicidade para os fanáticos pelas equipes e pelo futebol.

O madridista Karanka e o milanista Weah disputam bola na partida.

O encontro tinha uma boa causa, que era combater a doença de SLA (ou ELA: esclerose lateral amiotrófica), um mal que está afetando muitos ex-jogadores na Itália. O encontro serviu também para arrecadar dinheiro para a Associação Viva La Vida Onlus e a Fundação Stefano Borgonovo.

A SLA é uma doença degenerativa que ataca os neurônios motores, congelando os neurônios do movimento, levando a óbito em até 4 anos. A doença já levou a vida de 40 jogadores na Itália. Um dos afetados é Stefano Borgonovo, ex-jogador do Milan, que sofre desta doença desde 2005.

A convocação de Real Madrid e Milan, a prévia do encontro dos dois times na fase de grupos da UEFA Champions League deste ano, pelo Grupo C, foi a seguinte:

AC Milan: Ancelotti, R. Baggio, Baresi, Boban, Carbone, Colombo, Costacurta, Donadoni, Eranio, Evani, Fuser, Filippo Galli, Giovanni Galli, Ganz, Lentini, Leonardo, Mannari, Mussi, Nava, Rossi, Arrigo Sacchi, Simone, Stroppa, Tassotti, Van Basten, Virdis e Weah.

Real Madrid: Alfonso, Amavisca , Butragueño, Buyo, De Las Heras, Esnáider, Gallego, Geni, Iván, Juanma, Julio Llorente, Karanka, Koke Contreras, Mesas, Morales, Ramis, Sabido, Sanchís, Velasco e Victor.


Melhores momentos.

O time do Milan venceu o Real Madrid por 2 a 0. Gols de Simone e Fuser. Do time madridista, destaque para Butragueño. Mas a vitória foi de todos, por uma boa causa.

O Real Madrid voltou hoje aos treinos com 12 jogadores.

Após dois dias de descanso, o Real Madrid voltou hoje aos treinamentos em Valdebebas, com apenas 12 jogadores. Manuel Pellegrini comandou o seu pequeno elenco, que espera a volta de Kaká amanhã, pois o mesmo foi liberado pela CBF e já retorna para Madrid.

Pellegrini conversa com seus jogadores.

O chileno fez um trabalho tanto no ginásio quanto no campo, com conversa, corrida e bola. Os 12 madridistas que treinaram foram: Dudek, Adán, Higuaín, Garay, Marcelo, Granero, Metzelder, Drenthe, Diarra, Van Nistelrooy e Raúl. Guti, que treinou algumas vezes no ginásio, se uniu ao grupo.

Sérgio Ramos está em sua recuperação final, mas ficou no ginásio no dia de hoje. A previsão é que o espanhol volte aos treinos com bola esta semana.

A preparação do Real Madrid é para as partidas do dia 12 e do dia 15. Contra o Espanyol (pela La Liga) e contra o Zurich FC (pela UCL), respectivamente.

O uniforme n° 2 do Real Madrid na Champions.

Após as postagens no marcador uniformes das camisas 1, 2 e 3 do Real Madrid na temporada 2009/2010, agora trago para o blog a camisa reserva que o Real Madrid vai usar na UEFA Champions League 2009/2010. Alguns detalhes deixaram a camisa ainda mais interessante, como os traçados em dourado e o logo da Adidas também em dourado.

Pode-se ver também a bandeira da Espanha em cima do logotipo do estádio do clube. Ainda o bordado com o troféu da UCL, com o número 9 impresso, representando os 9 títulos que o Real Madrid possui do torneio e o tradicional logo da Champions na manga da camisa.


Inauguração do novo Layout e Banner do blog.

O Blog do Madridista inaugura hoje um novo layout, com um novo banner. Quando o blog foi colocado no ar, em junho de 2009, foi uma fase teste e mais fraca, mas nestes 3 meses o blog atingiu um novo patamar e se tornou um blog sério e diário. Portanto, o clima blanco foi colocado em destaque para esta nova fase do blog.

Aos leitores do Blog do Madridista e aos novos leitores que virão, sejam bem-vindos ao blog definitivo do Real Madrid C.F. e da Seleção da Espanha. Leiam, comentem as postagens, votem nas enquetes... Participem! A opinião de vocês é muito importante.

Espanha 5-0 Bélgica.

A Espanha goleou hoje a Bélgica por 5 a 0 no estádio Riazor, em La Coruña, e agora está bem perto de se classificar para a Copa do Mundo. A Fúria já pode garantir vaga na próxima quarta-feira, quando enfrenta a Estônia.

Espanha goleia e está perto da Copa do Mundo.

Del Bosque escalou o time assim: Casillas; Arbeloa, Puyol, Piqué, Capdevila; Busquets, Xabi Alonso, Xavi, David Silva; David Villa e Fernando Torres.

A Espanha, por sua vez, começou mal a partida, chegando a perder um pênalti logo aos 22min, quando Villa chutou e o goleiro defendeu. Mas no finalzinho do primeiro tempo, Villa deu passe para Silva, que empurrou para as redes.

No segundo tempo, a fúria espanhola veio com tudo e marcou mais 4 gols, Villa aos 4min, Piqué aos 6min, David Silva aos 23min e Villa de novo aos 40min.

A Seleção comandada por Del Bosque lidera o Grupo 5 com folga, são 21 pontos, 6 a mais que a segunda colocada, a Bósnia.

Assista aos gols da Espanha:









Guti: "Cristiano é o melhor jogador do mundo."

O madridista Guti declarou hoje na Televisión Española que considera Cristiano Ronaldo o melhor jogador do mundo. Guti, que não treinou com os seus companheiros hoje, devido a um problema físico, assegurou que o seu objetivo é ser mais um no grupo e ensinar a todos os novos madridistas um pouco do que aprendeu nestes anos de Real Madrid e tudo aquilo que o clube representa.

"Cristiano é o melhor jogador do mundo."

Sobre o elenco, Guti disse: "Analisando jogador por jogador, é um elenco muito bom. Vamos lutar por três títulos." E concluiu dizendo que seria um sonho para ele jogar a final da Champions League em casa, no Santiago Bernabéu, bem como Marcelo havia dito em sua última entrevista. Parece que o fato de jogar a final da Champions em casa está empolgando os madridistas.

Seguem os treinos do Real Madrid e da Espanha.

Van Nistelrooy foi o nome do treino do Real Madrid hoje, ao marcar dois gols na vitória por 6 a 2 diante do Real Madrid Castilla, numa partida treino em Valdebebas. O holandês está muito confiante e quer retornar em alto nível em breve.

Afastado desde novembro do ano passado, quando se machucou feio, Ruud operou o joelho e trabalhou duro para voltar a forma. Podia ter ído para um time menor, mas fez questão de continuar em Madrid, pois acredita no seu potencial e diz que ainda sabe fazer gols.

"O médico que me operou garantiu que posso jogar ao menos mais três temporadas em alto nível na elite. O Florentino (Pérez, presidente do Real) montou a melhor equipe que já vi na minha vida e temos ao menos dois excelentes times aqui."

O Real Madrid foi escalado assim: Dudek; Marcelo, Garay, Metzelder, Drenthe; Vázquez (jogador da filial), Diarra, Granero, Higuaín, Raúl e Nistelrooy. Já o Castilla: Adán; Valayos, Gary, Mateos, Marcos Alonso; Tébar, Mosquera, Raúl Ruiz, Juan Carlos; Javi H. e Szalai.

Os outros gols do Real Madrid foram de Higuaín (3x) e Raúl. Do time Castilla, marcaram Szalai e Raúl Ruiz.

Sérgio Ramos, ainda machucado, não jogou, mas está se recuperando da lesão já treinando com bola.

A Seleção da Espanha, por sua vez, fez mais um treino hoje na Ciudad del Fútbol de Las Rozas, da mesma forma que foi visto no dia anterior (leia postagens anteriores do blog). A novidade é que Marcos Senna está recuperado da lesão e voltará ao time titular.

O madridista Xabi Alonso falou sobre a derrota para os EUA na Copa das Confederações:

"Tomamos o primeiro gol e nos faltou tranquilidade no final. Tomara que tenhamos aprendido a lição e possamos ir bem na Copa do Mundo."

Popular Posts

Junte-se a nós!

Publicidade

Newsletter

+ Real Madrid:

Nome: Real Madrid Club de Fútbol.
Apelidos: merengues, blancos...
Fundação: 1902.
Estádio: Santiago Bernabéu.

Próxima Partida:

La Liga (13° Rodada):
Adversário: Valencia.
Dia: 19/11/11 (sábado).
Hora: 19:00 (horário de Brasília).
Estádio: Mestalla.
Jogo anterior: Osasuna (7-1).

Destaque 11/12:

Seja um seguidor:

Arquivo:

Marcadores:

Receba as novidades por e-mail:

Add to Google Reader or Homepage

Título:

Contas Premium

Rede Social: